Hospital Alemão Oswaldo Cruz realiza primeira radioterapia intraoperatória em São Paulo

Nova opção terapêutica pode mudar a forma de tratar pacientes com câncer

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Novembro de 2015 Edição do Mês

Hospital Alemão Oswaldo Cruz


 

 O Hospital Alemão Oswaldo Cruz realizou a primeira radioterapia intraoperatória de São Paulo e da região sudeste. O procedimento para a retirada de um tumor na mama foi complementado com um equipamento exclusivo e dedicado ao centro cirúrgico, o Intrabeam, consistindo em nova técnica de radioterapia aplicada durante a cirurgia e em uma única aplicação. O tratamento consiste na aplicação de radioterapia direcionada em pacientes com câncer em estágio inicial submetidos à cirurgia.

Segundo o Dr. Rodrigo de Morais Hanriot, radio-oncologista do Centro de Oncologia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, as vantagens do Intrabeam são diversas, pois é aplicado em dose única, em oposição às 25 a 30 frações em dias úteis de uma irradiação convencional, não apresenta os possíveis efeitos colaterais associados ao método convencional como vermelhidão, sensibilidade ou alteração na cor da pele, fadiga, irradiação de pulmão e/ou coração, além de melhorar o resultado estético e permitir que as pacientes voltem mais rapidamente à sua rotina de vida.

No procedimento do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, foi realizada a cirurgia e a Dra. Patrícia Bailão Aguiar, radio-oncologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, posicionou o equipamento no leito tumoral, assegurando a técnica recomendada e aplicando a dose terapêutica prescrita, com adição de somente 20 minutos ao procedimento total. A especialista explica que o grande benefício para a paciente é o fato do tratamento ser realizado em um momento único no centro cirúrgico, sem o desgaste do tratamento e a necessidade de mobilização diária. “O novo método ajuda a evitar exposição desnecessária à radiação e limita o tratamento ao local exato onde o tumor primário estava presente. Desta forma é possível conquistar com apenas uma sessão de radioterapia intraoperatória o resultado de aproximadamente 30 sessões de radioterapia convencional. Além da eficácia e segurança do tratamento, o Intrabeam permite a precisão da radioterapia.”, reforça a Dra. Patrícia.

A especialista reforça que a radioterapia faz parte do tratamento de câncer de mama e, no modelo atual, demora cerca de 5 a 6 semanas. “A radioterapia convencional é uma forma comum de tratamento do câncer, que consiste no uso das radiações ionizantes para destruir ou inibir o crescimento das células anormais que formam um tumor. Com a radioterapia intraoperatória, cerca de 20% das mulheres com câncer de mama em fase inicial podem optar por uma dose única de tratamento, durante o procedimento cirúrgico”, ressalta a médica.

O Intrabeam é uma oportunidade de tratamento irradiante eficiente e no momento da cirurgia, sem alterações à cirurgia tradicional, diminuindo o tempo de tratamento irradiante das mulheres e ainda contribuindo para o atendimento dos pacientes que aguardam nas listas de espera para tratamento. Com duração de cerca de 20 minutos, a radioterapia intraoperatória também pode ser prescrita como dose de reforço durante a cirurgia de remoção do tumor, antes do início da radioterapia externa, otimizando o resultado e diminuindo a necessidade de sessões.

A aquisição do Intrabeam faz parte do investimento em inovações cirúrgicas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, reforçando a excelência da instituição na área de oncologia. O Hospital tem como estratégia implementar centros de referência nas especialidades-foco, com o objetivo de garantir o melhor desfecho possível para os pacientes. Os Centros de Especialidades Médicas serão o foco da aplicação dos recursos nos próximos anos, consolidando o Hospital Alemão Oswaldo Cruz como referência nas áreas de Cardiologia, Oncologia, Neurologia, Doenças Digestivas e Ortopedia/Traumatologia. Em 2013, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz investiu aproximadamente de 44 milhões em estrutura, manutenção, centros de referência, corpo clínico, entre outros. Apenas nos últimos quatro anos, foram investidos mais de R$ 350 milhões em infraestrutura e tecnologia de ponta.

A ampliação do Centro Cirúrgico e a aquisição do Intrabem fazem parte do planejamento do Hospital Alemão Oswaldo Cruz para este ano, que além do novo Centro Cirúrgico equipadas com tecnologia de ponta para a realização de procedimentos de alta complexidade, também disponibilizará mais 10 leitos de UTI, totalizando 44 leitos.

 

Notícias Relacionadas